Internacional

Guarda-redes visita na prisão o homem que o alvejou com dois tiros

Um guarda-redes uruguaio tornou-se conhecido em 2015 por, durante um assalto, ter sido alvejado com dois tiros no peito. Alexis ‘El Pulpo’ Vieira sobreviveu e agora visitou na prisão o homem que quase o matou.

“O perdão é a cura de que todos necessitamos para a alma”, escreveu o jogador: “Hoje coube a mim perdoar à pessoa que me fez muito mal. Deus é perdão e amor”.


Patrocinado

Apps PT Jornal

Descarregar na App StoreDescarregar do Google Play

Newsletters PT Jornal

Selecione as newsletters

Mais partilhadas da semana

Subir
error: