Saúde

Fumar em espaços públicos fechados: DGS equaciona proibição

francisco_george_1A informação é avançada pelo Diretor-Geral da Saúde que afirma, no entanto, que a lei não se pode tornar demasiado rigorosa para os fumadores e tem de haver sempre um meio-termo. A proibição de fumar em locais públicos fechados poderá avançar durante este ano.

Fumar em locais públicos fechados pode ser proibido brevemente. Quem o diz é Francisco George, baseando-se num relatório já entregue na Assembleia da República e que pode fazer com que a lei do tabaco seja revista brevemente.

Para o Diretor-Geral da Saúde, a mudança não pode ser no entanto tão drástica: “Uma eventual proposta de lei não pode proibir de forma excessiva a permissão de fumar”, afirma Francisco George, para depois comparar a realidade portuguesa à americana: “não estamos em Nova Iorque, temos que ter noção que estamos no espaço europeu e que não podemos proibir as pessoas de fumarem na rua”, sublinha. “É necessário fazer com que as medidas sejam proporcionais aos benefícios. Queremos assegurar que os espaços públicos fechados estejam livres de fumo”, conclui.

Mais partilhadas da semana

Subir