Motores

Filipe Barreiros vira-se para o todo-o-terreno

Após vários anos de competição nas pistas, em várias competições de GT, Filipe Barreiros centra agora o seu foco no Campeonato Nacional de Todo-o-Terreno, onde vai alinhar aos comandos de UTV.

Esta mudança de ‘agulha’ na atividade desportiva é explicada pelo próprio piloto: “Depois da experiência na Baja de Portalegre e de Idanha, fiquei fã do todo-o-terreno. Uma modalidade mais versátil, descontraída e muito divertida. Para além disso adorei pilotar o UTV. Foi uma experiência incrível pelo que estar agora envolvido no campeonato a tempo inteiro foi uma sequência lógica. Para já não tenho objetivos definidos em termos de resultados, quero sobretudo ganhar experiência e divertir-me”.

O piloto vai assim iniciar a sua participação na disciplina já na primeira prova da época, a Baja TT do Pinhal, que se disputa no próximo fim de semana nas zonas de Proença-a-Nova, Oleiros e Sertã.

Depois do todo-o-terreno, Filipe prevê efectuar duas provas de ralis: “Será inserido num dos campeonatos regionais. Será a minha primeira experiência nesta modalidade e acredito que possa ser igualmente interessante”.

Mas Barreiros não tenciona deixar completamente os circuitos de velocidade: “Estou a equacionar efectuar a primeira prova do GT Open no Estoril e depois, muito provavelmente, algumas provas pontuais do Blancpain. A velocidade é a modalidade onde mais me sinto confortável e quero continuar a fazer provas mesmo que não seja de forma regular. Para mim o mais importante é manter-me activo e a fazer aquilo que mais gosto: competir”.

Mais partilhadas da semana

Subir