Mundo

Festival só para mulheres pode acontecer brevemente

A ideia surge na Suécia, no seguimento de vários casos de violações terem sido reportados no Festival Bravalla, um dos mais importantes daquele país, que aconteceu entre 28 de junho e 1 de julho.

O cartaz deste ano contava com artistas da alta esfera da música internaconal – The Killers, System of a Down e Linkin Park, por exemplo – mas acabou cancelado já depois do seu início. Na base da suspensão estão vários casos de alegadas violações durante o evento, o que obrigou ao reembolso do dinheiro dos bilhetes a 50 mil pessoas.

Entretanto, a comediante e locutora de rádio sueca Emma Knyckare, sugeriu uma solução para este tipo de situações: a criação de um festival só para mulheres, onde os homens estariam proibidos de entrar.

A proposta gerou naturalmente várias reações, tanto de apoio à criação do festival como de repulsa, maioritariamente por parte dos homens, que Emma não tardou em responder.

“Os homens não são todos violadores, mas a maioria das violações são feitas por homens. Queremos criar um espaço livre, onde as mulheres podem estar à vontade, sem preocupações”, escreveu.

Certo é que o feedback foi de tal forma volumoso que a própria organização do Festival Bravalla se disponibilizou a assumir a organização do evento.

Receba esta e outras notícias virais no seu e-mail todos os dias!


Patrocinado

Newsletters PT Jornal

O que quer receber?

Mais partilhadas da semana

Subir