Economia

Eurostat: Portugal em recessão (0,4%) e PIB em queda pelo quarto trimestre consecutivo

bolsaDados do Eurostat indicam que Portugal está em recessão de 0,4 por cento no terceiro trimestre de 2011, com quebras constantes no Produto Interno Bruto desde há um ano. Autoridade estatística reviu em ligeira alta o PIB na União Europeia.

O Eurostat, autoridade estatística da União Europeia, mantém Portugal num cenário de recessão, que atinge os 0,4 por cento. As quedas do PIB começaram no último trimestre de 2010 (-0,5 por cento), repetiram-se no primeiro trimestre de 2011 (-0,6) e não se alteraram no segundo trimestre (-0,1).

O Eurostat reviu em alta as previsões de crescimento do PIB na União Europeia, de 0,2 para 03 por cento. No entanto, as previsões para a Zona Euro permanecem inalteradas. As informações relativas à Grécia não fazem parte desta análise.

O que é recessão?

Na economia, entende-se que um País está em recessão quando atravessa um período de dois trimestres, consecutivos, com redução do Produto Interno Bruto. Ou seja, quando o país vê diminuir a sua riqueza de forma reiterada, significa que não está a crescer. Portugal regista perdas há quatro trimestres.

Normalmente, os períodos de recessão afetam todos os agentes do crescimento económico, desde as empresas aos trabalhadores. Se um país está em recessão e a sua economia não cresce, tende a ver aumentadas as falências e, por inerência, a taxa de desemprego.

Associada a um período recessivo está também a redução do consumo das famílias, numa ‘bola de neve’ que colocará qualquer economia num cenário de grande dificuldade. A quebra da inflação também contribui para a dificuldade em retomar o crescimento.

Mais partilhadas da semana

Subir