Insólito

Cidade vota contra energia solar por medo que se gaste… o sol

Luz_Solar_Paineis_900Moradores rejeitam um projeto de construção de uma central solar na cidade de Woodland, na Carolina do Norte, por temerem que os painéis consumissem a energia do sol. Tiveram também medo de que a fotossíntese fosse afetada. Mas não é tudo.

A cidade de Woodland, nos EUA, andou num reboliço, alarmada com a hipótese de um projeto de energia solar.

Os moradores tiveram medo de que os painéis solares que iriam ser instalados consumissem a luz do sol, ao ponto de a fotossíntese ser afetada.

Por outro lado, os residentes de Woodland também estavam preocupados com a possíbilidade de a cidade ser foco de uma disseminação de casos de cancro.

Naquela cidade da Carolina do Norte, há um projeto de energia solar em execução. Mas nunca convenceu a comunidade, que mais do que benefícios encontrou preocupações.

Uma das três áreas definidas para a colocação massiva de painéis está a ser montada, nesta altura. A partir do início dos trabalhos, começaram a aparecer os receios.

De acordo com o The Independent, uma professora de ciências reformada, Jane Mann, defendeu que a fotossíntese iria ser afetada. Segundo a sua teoria, aquele processo “depende da luz solar e iria ser interrompido, o que impediria o crescimento das plantas”.

Dado consumo excessivo, a luz solar iria ser insuficiente para permitir que a natureza cumpra o seu papel.

Depressa se associaram os casos de cancro na zona com a colocação dos primeiros painéis.

“Eu exijo saber o que vai acontecer. Quero informações sobre as mortes”, exigiu a professora.

Jane Mann tem sido uma das principais ativistas desta teoria do ‘consumo excessivo de sol’ e considera que a cidade está a ser “assassinada”, sem que se obtenham benefícios com as infraestruturas de luz solar.

“Os jovens estão a abandonar Woodland, estão a partir com mesdo. O sol vai ser consumido. As empresas vão deixar de vir para a cidade”, avisou.

Nem as explicações sobre o modo como funcionam os painéis solares foi suficiente para acalmar os residentes, que acompanham a professora nestes receios.

A professora não quer saber se os painéis ‘consomem’ apenas a luz solar que os atinge diretamente. Continua a acreditar que eles sugam a energia solar e deixa o ecossistema em risco.

Alguns cientistas com conhecimentos nesta área prestaram esclarecimentos em Woodland, mas nem assim convenceram os habitantes, que por maioria votaram contra a instalação de uma zona para reutilização da energia solar.

125Shares

Mais partilhadas da semana

Subir