Bisturi

Por esta ninguém esperava! 

Decorria o ano 2015 e o Jornal de Matosinhos noticiava a fornada de hipotéticos candidatos à Câmara Municipal de Matosinhos. De entre os múltiplos nomes, um deles saltava-nos à vista.

Falo de Joaquim Jorge, biólogo, professor e fundador do prestigiado Clube dos Pensadores.

Fiquei nessa mesma altura a saber que o mesmo é natural de São Mamede de Infesta através da publicação que fez no blog do clube dos pensadores comentando esta notícia: “ao ler a notícia fiquei com um misto de surpresa e curiosidade sobre o futuro de Matosinhos. Afinal de contas, sou um nascido em São Mamede de Infesta, que pertence a Matosinhos, apesar de viver em Gaia há muitos anos, nunca consegui desligar as minhas origens. Sou um cidadão atento.”

Foi com muito agrado que li hoje uma notícia do Jornal Notícias ao Minuto, que nos diz que Joaquim Jorge foi convidado pelo Presidente da Concelhia de Matosinhos do PSD, Arquitecto José António Barbosa, para ser candidato municipal à Câmara de Matosinhos.

Esta situação a ser verdade e naturalmente confirmada parece-me extremamente positiva. É importante os partidos chamarem para a acção política cidadãos independentes.

Numa altura em que nos sentimos cada vez mais afastados daqueles que nos representam, o voto é para cada vez mais pessoas apenas dever de cidadania, para outras resulta por e simplesmente em abstenção, não sendo exercido.

A maioria das pessoas não vai às urnas com convicção, com a esperança que o seu voto em x ou y candidato trará prosperidade às nossas vidas, como seria expectável numa autêntica democracia.

Os votos de protesto de tantas pessoas saíram defraudados pela actual postura política dos partidos “de protesto” que restavam como o bloco de esquerda, por isso estas candidaturas independentes ganham força e forma em qualquer cenário político actual. Penso que os partidos cada vez mais devem saber responder aos eleitores, com estas alternativas…

É comum dizer-se que os políticos são todos iguais e infelizmente cada vez mais isso será comum, até porque urge a necessidade não de políticos mas de reformistas, pessoas que apliquem políticas. Gente com ideias, e com capacidade de trabalho e de acção.

A realidade é que a abstenção continuará a aumentar apesar de hoje vivermos uma oportunidade única de cidadania através do poder que as redes sociais e as novas tecnologias de informação colocam nas mãos dos eleitores.

E é neste enquadramento todo, que me parece uma escolha extremamente inteligente do PSD de Matosinhos apostar num cidadão independente como candidato à Câmara Municipal de Matosinhos.

Ainda para mais apostar num estudioso de cidadania. Uma pessoa que há anos pensa a forma como a nossa democracia deve ser reinventada, com livros publicados na temática.

Uma pessoa com um perfil insubmisso, incómodo, independente, genuíno, caústico, rebelde, crítico, irreverente, livre e extraordinário.

Não tenho dúvidas que esta hipotética candidatura levará às urnas novos e menos novos, pessoas dos distintos quadrantes e sobretudo aqueles que seguramente não iriam votar abstendo-se do seu dever de cidadania.

Henry Ford dizia que “pensar é o trabalho mais difícil que existe, talvez por isso mesmo poucos se dediquem a ele.”

Convocarmos reformistas para o serviço público, cidadãos que pensam, permitindo que estes coloquem em acção as suas ideias, é dar uma oportunidade única para a democracia respirar. É desta gente que não é da política, não vive da política e que participa de forma independente em democracia que necessitamos, para voltar a acreditar num futuro próspero.

Até podem defraudar as nossas expectativas, no entanto sem a oportunidade de reinventarmos as coisas da forma que as conhecemos, jamais as alteraremos.

Perante esta democracia empobrecida em que vivemos, que a seu belo proveito alimenta a crise de valores que a nossa sociedade vive quero acreditar que ainda existem verdadeiros independentes.

Saibamos colocar esta gente que quer trabalhar à prova, estes cidadãos idealistas cujo objectivo é ajudarem as gentes e as comunidades a prosperarem.


Vídeos em Destaque

Patrocinado

Newsletters PT Jornal

O que quer receber?

Mais partilhadas da semana

Subir