Bunda Arsaningsih

Equilibrar o nosso conhecimento material com o conhecimento espiritual

Temos que atender às necessidades da nossa vida, com a alimentação, vestuário e habitação. Estas necessidades primárias devem ser cumpridas mas não têm que ser sempre com luxos. É por esta razão que devemos estudar, para nos qualificarmos a fim de sermos capazes de obter um rendimento para cumprir as nossas necessidades primárias.

O nosso processo de aprendizagem é a toda a hora, mesmo quando trabalhamos, continuamos aprender. Quando ficamos preguiçosos para trabalhar, a nossa vida fica caótica. A preguiça é inimiga do processo de aprendizagem. Se o bloqueio mental de preguiça afecta alguém, nunca esperaremos que a sua vida seja bem sucedida.

Para viver a vida, efectivamente não chega apenas ter conhecimento para satisfazer as necessidades materiais. Ser só materialmente próspero, viver sem paz, ter muitos problemas, vida complicada, stress e depressão, não irão tornar a vida confortável e bonita. Na verdade, muitas pessoas são prósperas, mas experimentam o desespero de viver a sua própria vida.

Para fazer com que a vida seja equilibrada, que tenha sentido, precisamos do conhecimento sobre a nossa verdadeira identidade/alma/conhecimento interior.

A necessidade de compreender a alma irá fazer com que as pessoas tenham força e fé para viverem. O entendimento da alma leva-nos à compreensão de Deus.

Uma pessoa, que compreende a existência da sua alma, vai começar a fazer purificação interior, de modo que será preenchida por amor e a sua alma será capaz de se unir a Deus. Irá controlar os seus pensamentos, impurezas interiores, tais como o ego, a ira, a inveja, a embriaguez, luxúria e ganância.

Quando estes sentimentos negativos são removidos, então o amor de Deus pode ser irradiado.

A nossa conectividade com Deus não é determinada por quantas vezes oramos ou memorizamos a Sagrada Escritura. No entanto, a conectividade com Deus depende da pureza do coração e da nossa atitude para com os outros seres.

Seja grato, porque Deus deu-nos inteligência e o livre arbítrio, para que pudéssemos determinar a qualidade de vida com que queremos viver.

Tente equilibrar o conhecimento material e o conhecimento espiritual, para que possa viver a sua vida em condições saudáveis, fisicamente, mentalmente, emocionalmente, espiritualmente e também numa condição próspera e pacífica.


Patrocinado

Apps PT Jornal

Descarregar na App StoreDescarregar do Google Play

Newsletters PT Jornal

Selecione as newsletters

Mais partilhadas da semana

Subir
error: