Mundo

Doente oncológica mostra sofrimento na fase terminal

Amy Redhead, uma inglesa de 28 anos, decidiu não receber tratamentos de quimioterapia no combate a um cancro terminal que tem. A jovem, residente em West Midlands, espera que o seu testemunho incentive pessoas a viverem felizes os seus dias e espera que os seus registos possam mostrar como é o sofrimento de um doente em fase terminal.

De forma positiva, Amy encarou a notícia de que tem pouco tempo de vida, por causa de um cancro agressivo que do intestino passou para o fígado e estômago.

Apesar das recomendações médicas, decidiu não fazer os tratamentos de quimioterapia, que lhe poderia dar mais tempo de vida.

“Gostava de vos dar boas notícias, mas não. Os nódulos que tenho no corpo estão piores. O meu fígado está 70 por cento já consumido pelo tumor. De certa forma, estou aliviada. Não fiquei brava ou triste com a notícia, porque sei que o meu corpo está a morrer. Só tenho raiva de estar cansada. De algum tempo a esta parte, é cada vez mais difícil aproveitara as coisas”, explicou num depoimento partilhado nas redes sociais.

Desde outubro do ano passado, altura em que soube que tinha cancro, passou a registar os momentos mais relevantes da sua vida.

“Amy é tão teimosa que não foi surpresa ter recusado a quimioterapia. Os médicos disseram que o tratamento nos iria dar mais tempo com ela”, revelou Emily, de 22 anos, irmã da jovem.

Apesar de, nesta altura, não conseguir mostrar como é sofrimento de um paciente com cancro terminal, Amy tem contado com a ajuda dos familiares.

“Estamos muito orgulhosos da luta dela, nos últimos meses. Ela tem sido muito corajosa, mas, já disse que está pronta para morrer e que não está a sofrer”, disse a irmã.

Veja o vídeo que pode perturbar os leitores mais sensíveis:


Mais partilhadas da semana

Subir