Mundo

Dívida a esvoaçar: Países endividados com bandeiras a meia haste, defende Alemanha

Segundo proposta alemã, os países endividados devem ter as bandeiras a meia haste, nas instituições europeias. O secretário de Estado dos Assuntos Europeus discorda da medida – “Sou contra”, disse Miguel Morais Leitão.

Um selo de devedor para todos os países que têm dívidas. Ao vento… Eis o ideal alemão, segundo o qual todos os países endividados devem ver baixar a bandeira, exibindo a sua condição.

A proposta – do comissário europeu da Energia – já mereceu o comentário do secretário de Estado dos Assuntos Europeus, Miguel Morais Leitão, que é lacónico, mas esclarecedor. “Acho mal e obviamente sou contra”, afirmou, em Bruxelas.

Esta ideia germânica seria aplicada em todos os edifícios da União Europeia. O objetivo seria criar um efeito dissuasivo, para que os países endividados fossem encorajados a controlar a dívida.

Mais partilhadas da semana

Subir