Mundo

Dilma Rousseff promete apoio do Brasil à União Europeia no combate à crise

dilma_1A Presidente do Brasil, Dilma Rousseff, manifestou intenção de ajudar a União Europeia a superar a da crise da dívida e retomar a rota do crescimento. Em Bruxelas, no âmbito da cimeira UE-Brasil, a sucessora de Lula da Silva foi clara: “Vocês podem contar connosco”.

Brasil e União Europeia estão unidos em cimeira e na intenção de ver superada a crise da dívida que assola grande parte dos países europeus, entre os quais Portugal e sobretudo a Grécia.

“Vocês podem contar connosco. Como parceiro da União Europeia, o Brasil está pronto a assumir as responsabilidades que tem, num espírito de cooperação”, afirmou Rousseff, perante Durão Barroso, presidente da Comissão Europeia, e Herman Van Rompuy, homólogo do Conselho da União.

A chefe de Estado brasileira defende que o “único caminho para sair da crise” é adotar políticas que “estimulem o crescimento económico”. A presidente promete “total esforço”, para “coordenar estratégias para que a Europa possa crescer”.

“Considero que deve existir uma coordenação das políticas entre o Brasil e os países Europeus, para ultrapassar o clima adverso na Europa”, afirmou Dilma Rousseff, que participa numa cimeira que junta precisamente Brasil e UE.

Segundo Dilma, “há provas na História que demonstram que a crise da dívida só se ultrapassa com políticas de estímulo ao crescimento”.

Mais partilhadas da semana

Subir