Nas Notícias

Cristas “não conhece” Rui Rio nem Santana Lopes

Assunção Cristas não tem preferência entre Rui Rio ou Pedro Santana Lopes como próximo líder do PSD. “Não os conheço sequer o suficiente para ter preferência”, explicou a presidente do CDS.

Numa entrevista à Renascença e ao Público, a líder centrista avisou o PSD que nas legislativas de 2019 será ‘cada um por si’, acrescentando de seguida que não tem preferência quanto ao sucessor de Passos Coelho.

Entre Rio Rio e Santana Lopes, “genuinamente”, Assunção Cristas não consegue escolher: “Não os conheço sequer o suficiente para ter preferência”.

“Temos quase 20 anos de diferença, não me cruzei com eles no Parlamento, nem no Governo”, reforçou.

“Interagi um bocadinho com Rui Rio quando estava ministra com a área do Ordenamento e do Território, mas também foi por pouco tempo. E com Santana Lopes, enfim, só no contexto pré-autárquico, como provedor da Santa Casa”.

Desafiada a escolher, na hipótese de ser vice-primeira-ministra de Rio ou Santana, Assunção Cristas… não respondeu.

“Mais importante do que as pessoas é o projecto e aquilo que cada partido propõe e a forma como se podem concertar para governar Portugal”, desviou.

Em março, o CDS reúne em congresso e Cristas vai repetir que os centristas devem ir a votos, não repetindo a coligação com o PSD.

“O que vou propor na minha moção é exactamente manter essa linha. Entendo, olhando historicamente, que foi nos momentos em que PSD e CDS estiveram separados que tiveram os melhores resultados”.

 

Mais partilhadas da semana

Subir