Economia

Crescimento chinês obriga primeiro-ministro Wen Jiabao a “manter uma certa velocidade”

wen_jiabaoA segunda maior economia do mundo, a China, assume-se “como um grande país em vias de desenvolvimento” e, adianta o primeiro-ministro, precisa de “manter uma certa velocidade no crescimento económico”. Um trabalho “de longo prazo”, complementa Wen Jiabao.

A China é já a segunda maior potência económica do mundo, com uma influência e presença cada vez mais sentida nos meios financeiros, mas demonstra ambição para ser ainda mais. Foi o próprio primeiro-ministro, Wen Jiabao, quem declarou a “prioridade máxima” chinesa em manter o ritmo, numa altura em que o abrandamento da economia da China começa a preocupar os analistas.

“Como um grande país em vias de desenvolvimento, temos de manter uma certa velocidade no crescimento económico”, afirmou o primeiro-ministro, numa mensagem publicada no sítio oficial do Governo na internet.

Para Wen Jiabao, “estabilizar o crescimento económico é não só a prioridade máxima, como também é uma tarefa trabalhosa, de longo prazo”. Estas declarações, segundo a mesma nota, foram as proferidas durante um encontro do governante com vários economistas, em que o tema principal era a necessidade de novas políticas para recuperar o ritmo do crescimento económico.

Mais partilhadas da semana

Subir