Desporto

Costa quer “assegurar a punição dos criminosos de Alcochete”

O primeiro-ministro está a pronunciar-se sobre as agressões no Sporting, garantindo que “as forças de segurança têm agido para assegurar a punição dos criminosos de Alcochete”.

“A melhor forma de respondermos é não ceder a estas ameaças”, salientou António Costa, que se encontra em Sofia, na Bulgária.

“Tudo deve ser feito para que a época termine com toda a normalidade”, continuou o governante, adiantando que as forças de segurança estão prontas para a final da Taça de Portugal, no domingo.

“Não é uma batalha, tem de ser a grande festa do futebol, com alegria”, insistiu.

António Costa garantiu que, “desde ontem”, os responsáveis pela pasta do Desporto “têm estado em contacto com as forças de segurança, que têm agido, para assegurar a punição dos criminosos de Alcochete e proteger todos aqueles que gostam de futebol”.

“É absolutamente intolerável este crescendo de violência no desporto. É claro agora que é necessário reforçar as medidas, nomeadamente avançar com uma Autoridade Nacional contra a Violência no Desporto”, defendeu.

O primeiro-ministro referiu também que é necessário mexer no quadro legislativo “para que situações destas não se voltem a repetir”.

“Estes comportamentos têm de ser banidos, para se devolver ao desporto, neste caso o futebol, a pureza própria. O desporto é a promoção de valores e não da selvajaria a que estamos a assistir”, concluiu António Costa.

Mais partilhadas da semana

Subir