Nas Notícias

Correio da Manhã congratula-se pelas audiências do dia do incêndio de Pedrógão Grande

O Correio da Manhã criou uma notícia controversa, onde se congratula pelo facto de a CMTV ter sido a campeã de audiências no dia da “maior calamidade florestal de sempre”, em Pedrógão Grande. A vanglória foi vista como vã glória, num dia triste para Portugal.

Pedrógão Grande foi palco da maior tragédia florestal de sempre, neste sábado, com 62 mortos e igual número de feridos, num balanço necessariamente provisório.

O país uniu-se em solidariedade pelas vítimas e familiares, chocado com as notícias em catadupa, que retratavam um cenário de horror, naquela que foi a maior catástrofe florestal de que há memória.

A CMTV participou nessa cobertura mediática e terá sido o canal preferido dos portugueses. Mas daí a congratular-se com esse facto vai uma diferença enorme.

Numa notícia difundida pelo Correio da Manhã, pode ler-se que “os portugueses elegeram a CMTV para se informarem sobre a maior calamidade florestal de sempre”.

“A televisão do Correio da Manhã bateu no domingo o seu próprio recorde, com um share diário médio de 4,9 por cento”.

A notícia detalha os números de portugueses que assistiram à emissão da CMTV. E aponta ainda os dados da concorrência – desde a SIC Notícias à TVI24, os concorrentes mais fortes daquela estação por cabo.

Uma notícia polémica de vanglória, ou vã glória.


Patrocinado

Apps PT Jornal

Descarregar na App StoreDescarregar do Google Play

Newsletters PT Jornal

Selecione as newsletters

Mais partilhadas da semana

Subir
error: