Insólito

Corpo de ex-paraquedista ‘enterrado’ há 11 anos reaparece na morgue

funeralA família do soldado Christopher Alder, ex-paraquedista, pensou que, em 2000, teria feito um funeral digno ao seu ente querido, que morreu sob a custódia da polícia, na guerra nas Malvinas. Mas 11 anos depois, o corpo de Alder reaparece na morgue…

O que se pensou ser um funeral digno, junto ao corpo de um ente querido que acabara de falecer na guerra, não foi mais do que um lamentável equívoco, descoberto mais de uma década depois.

Ao contrário do que se pensara, foi enterrada uma mulher, em vez de Christopher Alder, o que revoltou a família deste ex-paraquedista. Agora que o corpo de Alder foi encontrado, as autoridades detetaram o erro.

Em 1999, uma mulher de 60 anos, chamada Grace Kamara, perdeu a vida, vítima de um ataque cardíaco, e teve de ficar na morgue durante um longo período de tempo, em virtude de um pedido de repatriação.

Os dois corpos acabaram por ser trocados, o que levou a que o funeral de Christopher Alder nunca tenha acontecido, ao contrário do que a família pensou. A irmã do soldado, Janet Alder, considera que este erro é “repugnante”.

O corpo de Grace Kamara vai agora ser exumado, o que deverá confirmar o lapso. A polícia aguarda autorização para a exumação.

Mais partilhadas da semana

Subir