Crónicas

Condenados a repetir

Desde que Donald Trump foi eleito presidente, nos noticiários o tema Síria desapareceu. Como se por magia tudo tivesse sido resolvido.

Como se os extremistas islâmicos tivessem deixado de existir. A realidade porém é outra, os mais recentes desenvolvimentos na política norte americana, parecem saídos do manual de como dar argumentos para a radicalização de jovens muçulmanos. Será esta uma oportunidade que o auto designado estado Islâmico irá perder?

Confrontados com a diminuição de terreno, perda de receitas os radicais estão em busca de recuperação, e eis que em cena surge: Donald Truump. O cenário internacional está em transformação, e embora muitos sejam o que considerem alarmistas aqueles que insistem que se vive agora uma repetição acontecimentos que antecederam a segunda guerra mundial. Não se pode negar que existe uma certa semelhança, ambiente económico frágil, populismo em ascenção e descrença generalizada nos políticos tradicionais.

erão as populações agora capazes de evitar a tentação de se fechar e isolar o problema. Aplicar a mesma receita já antes experimentada sem sucesso, apenas vai criarn ovos e potencialmente maiores problemas.

Se a solução fosse o isolamento, a vida na Coreia do Norte deverá ser um verdadeiro paraíso.


Vídeos em Destaque

Patrocinado

Newsletters PT Jornal

O que quer receber?

Mais partilhadas da semana

Subir
error: