EUA

Condenado à morte salvo a 40 minutos da execução

Condenado à morte por ter contratado um assassino para matar a família, Bart Whitaker, de 38 anos, foi esta terça-feira salvo por um governador do estado norte-americano do Texas, a 40 minutos de ser executado.

Após ter permitido 30 execuções em pouco mais de três anos no cargo, Greg Abbot, governador norte-americano do estado do Texas, decidiu esta terça-feira comutar a sentença de morte de Whitaker.

“Os assassinatos da mãe e do irmão do Sr. Whitaker são reprováveis. O crime merece uma severa punição para os criminosos que os mataram. A recomendação do Texas Board of Pardons and Paroles, a minha ação nele, garante que o Sr. Whitaker nunca será libertado da prisão”, afirmou o governador à ABC News.

O caso remonta a 2003, quando Bart Whitaker contratou um homem armado que matou a sua mãe e irmão mais novo, Triciar e Kevin Whitaker. O pai do condenado foi alvejado durante o ataque, mas conseguiu sobreviver.

Em dezembro desse ano, a família Whitaker foi celebrar a licenciatura de Bart a um restaurante da cidade, sendo que o jovem sabia previamente que, naquele momento, o assassino já estaria no interior da casa.

À chegada, Bart fingiu esquecer-se do telemóvel para voltar atrás e escapar ao ataque. Kevin, de 19 anos, foi o primeiro a entrar em casa, tendo sido baleado imediatamente. Seguiu-se a mãe e o pai, que conseguiu sobreviver.

“Eu amo-o, é meu filho. Não quero vê-lo executado”, afirmou Kent Whitaker, citado pela ABC. O progenitor afirmou ter perdoado o filho e lutado para que este não fosse executado.

O caso viria a ser posto a nu em 2005, quando um vizinho de Bart, Steven Champagne, confessou às autoridades ter sido co-autor dos crimes.

Motivados por “milhões de dólares” prometidos por Bart, Champagne orquestrou o crime com Chris Brashear, o autor dos disparos.

O tribunal de Texas condenou o atirador a prisão perpétua sem direito a liberdade condicional, enquanto o co-autor foi condenado a 15 anos de prisão. Bart Whitaker foi condenado à pena de morte, tendo a sua execução sido comutada esta terça-feira, 40 minutos antes de acontecer.

Mais partilhadas da semana

Subir