Nas Notícias

Condenado por mandar matar os pais

Um homem foi condenado, esta terça-feira, a pena de prisão de oito anos e oito meses por mandar matar os pais, em Vila do Conde, no ano passado. Os pais não morreram mas o filho respondeu por tentativa de homicídio.

A decisão do Tribunal de Matosinhos foi conhecida, esta terça-feira, dia em que também o homem acusado de ser o executante ficou a saber que lhe foi lhe aplicada uma pena de prisão de nove anos e nove meses.

Em Tribunal, Rui Barata respondia perante a acusação de ter encomendado a morte do pai, de 79 anos, e da mãe, de 68.

O Jornal de Notícias revela que “o executante, Paulo Gomes, estava munido de uma pistola de alarme transformada, que não chegou a disparar, mas agrediu violentamente o casal, roubando algum dinheiro e objetos de ouro. Pelas duas tentativas de homicídio e pelo roubo, foi condenado a nove anos e nove meses de prisão efetiva”.

A namorada de Rui Barata também respondia em Tribunal mas foi absolvida.

Receba esta e outras notícias virais no seu e-mail todos os dias!


Patrocinado

Newsletters PT Jornal

O que quer receber?

Mais partilhadas da semana

Subir