Nas Notícias

Comandantes exonerados voltam a ser nomeados para os cargos

O Chefe do Estado-Maior do Exército, Rovisco Duarte, voltou a nomear os oficiais exonerados, após o assalto aos paióis de Tancos. A decisão resulta do facto de estarem “ultrapassadas as razões que justificaram a exoneração dos comandantes”.

“O Exército informa que os oficiais em causa foram nomeados pelo Chefe do Estado-Maior do Exército para os mesmos cargos, com efeitos a partir de 18 de julho de 2017”, pode ler-se num comunicado, citado pela agência Lusa.

A reintegração dos comandantes surge após as averiguações efetuadas, que concluíram que se encontram “ultrapassadas as razões que justificaram a exoneração dos comandantes”.

Em causa estão o comandante da Unidade de Apoio de Material do Exército, coronel Amorim Ribeiro, o comandante da Unidade de Apoio da Brigada de Reação Rápida, tenente-coronel Correia, o comandante do Regimento de Infantaria 15, coronel Ferreira Duarte, o comandante do Regimento de Paraquedistas, coronel Hilário Peixeiro, e o comandante do Regimento de Engenharia 1, coronel Paulo Almeida.

Receba esta e outras notícias virais no seu e-mail todos os dias!


Vídeos em Destaque

Patrocinado

Newsletters PT Jornal

O que quer receber?

Mais partilhadas da semana

Subir
error: