Saúde

Cinco alunos recebem ‘Angelini University Award’ por projeto sobre Alzheimer

alzheimerCinco alunos da Universidade de Aveiro conquistam o ‘Angelini University Award 2010/2011’, que distingue um portal dedicado aos familiares de doentes de Alzheimer. Este galardão tem como objetivo premiar o desenvolvimento académico e projetos práticos.

O concurso anual Angelini University Award distinguiu, neste ano, um projeto desenvolvido por cinco alunos da Universidade de Aveiro, que criaram um portal dedicado a familiares de doentes de Alzheimer.

Os alunos criaram um espaço que se dedica aos obstáculos com que se deparam os familiares (ou pessoas que cuidam de doentes), diariamente, nessa difícil missão. Os responsáveis por este portal identificaram, em Portugal, uma lacuna relativa a quem trata dos doentes de Alzheimer.

“Cuidar de um doente de Alzheimer é uma tarefa difícil, que requer tempo e energia. É uma responsibilidade que pode ter um enorme desgaste emocional e físico, especialmente se adicionado à angústia de ver alguém muito querido a perder as suas capacidades”, resumem, naquele site.

O portal fornece informações e dicas que podem ser utilizadas pelo familiar ou cuidador, no dia a dia, com um doente de Alzheimer. E analisa alguns problemas que estes prestadores de cuidados de saúde enfrentam.

O trabalho foi premiado com o ‘Angelini University Award’ porque a entidade que criou o prémio, a Angelini Farmacêutica, entendeu a lacuna e o mérito que o portal apresenta ao corrigi-la.

Com o envelhecimento da população, a prevalência das doenças neurodegenerativas está a aumentar. E Alzheimer é a doença deste tipo mais comum entre os idosos portugueses, que, estima-se, atinge 90 mil pessoas em Portugal.

O maior galardão destes estudantes foi o facto de o seu projeto ter sido distinguido, mas os alunos vão também receber uma bolsa de 6000 euros. O ‘Angelini University Award’ é um concurso anual, criado pela Angelini Farmacêutica, com a finalidade de “estimular a aplicação, por parte da população universitária, do desenvolvimento académico e projetos práticos”.

Mais partilhadas da semana

Subir