Sociedade

Cibercrime pagaria o empréstimo português em três meses

computadorO cibercrime gera 284 mil milhões de euros por ano, receita que permitiria pagar o empréstimo português em apenas três meses. Em cada segundo que passa, há 14 novas vítimas, num total de 50 mil por hora. É um dos negócios mais lucrativos do mundo, superando o tráfico de droga.

Segundo uma empresa de segurança de proteção de dados e com um programa antivírus, o cibercrime gera verdadeiras fortunas. Por ano, estima-se que proporcione 284 mil milhões de euros, quatro vezes o valor que o Estado português pediu emprestado, no plano de resgate financeiro.

Trata-se de um verdadeiro negócio, mais lucrativo do que o tráfico de droga, o que suscita o interesse de cada vez mais cibercriminosos. O ataque mais comum é feito através de emails falsos, que convidam à atualização de dados bancários, por exemplo, o que leva os incautos a fornecer dados pessoais importantes.

Um em cada dois adultos já sofreu um ataque, em qualquer uma das formas de cibercrime. Só em casos de phishing, durante 2010, houve lucros dos criminosos da Internet na ordem dos dois milhões de euros.

Mais partilhadas da semana

Subir