Motores

Christian Fittipaldi num novo papel

A promoção de Filipe Albuquerque a companheiro de equipa de João Barbosa a tempo inteiro a bordo do Cadillac Dpi-V.R, # 5 da Action Express Racing no Campeonato IMSA Sportscar levou a que Christian Fittipaldi assumisse outras funções no seio da equipa sediada em Denver (Carolina do Norte).

O piloto brasileiro, que nos últimos anos tem sido parceiro de João Barbosa no IMSA, conquistando dois títulos e duas vitórias nas 24 Horas de Daytona, assumiu agora o papel de diretor desportivo da Action Express Raciing.

Trata-se de uma nova etapa na carreira do brasileiro, sobrinho do antigo Campeão do Mundo de Fórmula 1 Emerson Fittipaldi, mas algo que o próprio assume com naturalidade, ciente de que pode ser útil à equipa de uma outra forma: “É algo de diferente para mim. Algo de novo. É algo que pode ser benéfico para a equipa, porque ainda sou um piloto no ativo. É diferente de ter alguém neste posto que não guiou durante dez anos a assistir aos carros e a dar feedback”.

Quando vou para uma curva e olho para os carros posso perceber problemas, porque já os experimentei como piloto no carro e talvez um ‘spotter’ ou um engengeiro não seja capaz de detetar”, frisa Fittipaldi, que diz não estar pronto ainda para pousar o capacete e as luvas em definitivo.

Isto faz parte de um processo de transição. Ninguém vai guiar para sempre, mas ao mesmo tempo já tive a minha ‘dose’ e não vou guiar mais a tempo inteiro. Vou tentar utilizar ambas as funções em meu benefício e em benefício da equipa da melhor forma possível. Passei muitos anos na Action Expresse e estou-lhes muito agradecido pelo que fizeram pela minha carreira. Resultou. É um ‘casamento’ que funcionou perfeitamente nos dois sentidos”, remata o piloto brasileiro.


Patrocinado

Newsletters PT Jornal

O que quer receber?

Mais partilhadas da semana

Subir
error: