Benfica

Chama Imensa gera críticas entre adeptos do Benfica

O programa Chama Imensa não é consensual dentro do próprio Benfica. Há adeptos que lembram as críticas que os dirigentes encarnados têm feito à forma de comunicar dos rivais, a qual é agora copiada pela BTV.

“Jogar à bola? Não… O melhor é andar em programas de televisão, no nosso próprio canal, a falar dos outros”, ironiza a página Sou Benfica.

“A tal comunicação dos nossos rivais, que foi criticada nos últimos dois anos pelas mesmas pessoas que agora a fazem”, acrescenta a mesma página de apoio.

Nos comentários, há um adepto que chega a citar Mark Twain para criticar o “desnorte do departamento de comunicação”do Benfica: “Não discutas com um ignorante que ele baixa-te ao nível dele e ganha-te pela experiência”.

Isto não é o Benfica, não é isto que os adeptos querem”, acrescentou outra internauta: “Queremos que joguem, ganhem e sejam penta. Tudo o resto não é saudável para o Benfica”.

“Isto é fazer o mesmo que criticamos nos outros”, lembrou outro adepto: “Contribuir para a burrice coletiva”.

Um elemento de uma claque deu ainda a receita alternativa para “acabar com os corruptos”: em vez de programas na BTV, “é dar a resposta em campo, assim como demos nestes quatro anos. Ganhando jogos e jogando melhor que eles”.

“Assim baixamos ao nível deles e aquilo que antes poderíamos criticar agora temos que engolir porque estamos a fazer o mesmo que eles”, acrescentou o mesmo adepto, considerando que os responsáveis pelo programa “não representam os sócios do Benfica”.

O programa Chama Imensa estreou ontem com ataques ao “Futebol Clube do Polvo”, acusando o FC Porto de liderar “um novo Apito Dourado”.


Patrocinado

Newsletters PT Jornal

O que quer receber?

Mais partilhadas da semana

Subir