Sociedade

CGD: Vice-presidente Norberto Rosa vítima de carjacking, sequestro e roubo

norberto_rosaNorberto Rosa, vice-presidente da Caixa Geral de Depósitos (CGD), foi surpreendido em Odivelas. Sob ameaça de arma, foi vítima de carjacking, sequestrado e roubado por dois homens e obrigado a proceder a diversos levantamentos em caixas de multibanco. Norberto Rosa disse que está bem e que não foi alvo de violência física.

O assalto ocorreu ontem, em Odivelas, por volta das 21h00. O ‘vice’ da CGD foi atacado por dois indivíduos, no momento em que saía do seu carro. Dois homens abordaram Norberto Rosa obrigaram-no, depois, a entrar noutra viatura.

O responsável do banco estava sob ameaça de uma arma de fogo e foi forçado ainda a revelar os códigos de três cartões multibanco. Com os cartões e os códigos, os assaltantes procederam a dois levantamentos em dois terminais.

Norberto Rosa – que conta 56 anos e foi também ex-secretário de Estado do Orçamento de Manuela Ferreira Leite – acabou por ser abandonado mais tarde, sem qualquer ferimento, na zona de Camarate, numa rotunda junto ao acesso ao IP7.

Depois de recolhido por uma patrulha da Polícia de Segurança Pública, imediatamente apresentou uma queixa na esquadra da Pontinha. O seu carro ainda não foi recuperado, mas Norberto Rosa já revelou que se encontra bem e que não foi alvo de violência física.

Mais partilhadas da semana

Subir