América do Sul

Casal morre no mesmo dia e vítima da mesma doença

Um casal de idosos de Joinville, em Santa Catarina, protagonizou uma história rara. Darci e Elma Schmaltz, casados há 55 anos, foram diagnosticados com a mesma doença e acabaram por morrer no mesmo dia, separados por escassas horas.

Na passada terça-feira, Darci e Elma Schmaltz foram internados com uma pneumonia,  num hospital do Brasil. O quadro clínico de Darci não era animador, mas Elma também piorou.

Segundo conta a filha, Lurdes Schmaltz, o casal viria a morrer na quinta-feira. Tinham ambos 76 anos. Coincidência? Sim, mas não é a única.

Estiveram casados 55 anos e morreram no mesmo dia, separados por 12 horas. Darci morreu na madrugada de quinta-feira, às 3h30. Elma viria a partir às 15h30.

Tiveram cinco filhos, oito netos e cinco bisnetos. Eram proprietários de uma loja de gelados e trabalhavam no mesmo local, o que fez com que estivessem unidos 24 horas por dia.

“É triste, mas de certa forma fico feliz com o facto de terem partido juntos. Não ficaram a sofrer pela ausência do outro”, afirma a filha.

Esta não é a primeira vez que dois membros de um casal morre no mesmo dia. Recentemente, contámos uma história de amor que terminou do mesmo modo, com o casal de mão dada.


Patrocinado

Newsletters PT Jornal

Selecione as newsletters

Mais partilhadas da semana

Subir