Mundo

Carro vai reconhecer se envia SMS enquanto conduz

A Universidade de Waterloo está a desenvolver um algoritmo capaz de detetar distrações enquanto conduz. O objectivo é reduzir os acidentes de automóveis em 75 por cento.

A evolução dos sistemas de inteligência artificial permite que os automóveis assumam cada vez mais funções na condução, especialmente no que diz respeito à segurança

Já existem vários sistemas deste tipo que detetam se um condutor não está devidamente concentrado no ato da condução. Normalmente funcionam como detetores de sono, ou correções da trajetória ao ler as marcas da estrada, mas a Universidade de Waterloo está a desenvolver um algoritmo que será capaz de detetar distrações ao volante.

A ideia é que o sistema reconheça ações como pegar e falar no telemóvel, ler ou enviar mensagens, ou até tirar alguma coisa do porta luvas ou do banco de trás. Aí, o sistema assumirá o controlo do volante como procedimento de segurança.

A Universidade de Waterloo pretende reduzir os acidentes de automóveis em 75 por cento com a inclusão desta tecnologia.

Mais partilhadas da semana

Subir