Desporto

Carlos Severino abandona Assembleia do Sporting sob escolta policial

O ex-candidato à presidência do Sporting, Carlos Severino, abandonou a Assembleia-Geral do clube sob escolta policial depois de ter sido ‘apertado’ por vários sócios.

De acordo com o JN, o primeiro momento de tensão vivido na Assembleia-Geral do Sporting aconteceu há momentos.

Carlos Severino, antigo candidato à presidência do clube, foi empurrado e insultado por cerca de uma dezena de adeptos, tendo sido obrigado a abandonar o local sob escolta policial.

A AG, uma das mais concorridas na história do Sporting, decorre no pavilhão João Rocha e irá definir o futuro de Bruno de Carvalho à frente do emblema leonino.

Recorde-se que o presidente do Sporting, no seu discurso inaugural, teceu duras críticas a Carlos Severino, alegando que o ex-candidato passa informações ao Correio da Manhã ou a Vieira.

Bruno de Carvalho discursava na Assembleia Geral do Sporting, onde espera que sejam aprovados os dois pontos da ordem de trabalho que geraram controvérsia na última AG. Caso as alterações de estatutos e as mudanças no regulamento disciplinar não sejam aceites por 75 por cento dos votantes, o líder leonino apresentará a sua demissão.

Mais partilhadas da semana

Subir