Sociedade

Carlos Martins tem “confiança em Deus” e estende luta a quem precisa de um dador

carlos_martins_granadaO médio do Granada, Carlos Martins, voltou a pedir ajuda para salvar o seu filho Gustavo. Em conferência de imprensa, ao lado do presidente do Granada, o jogador emprestado pelo Benfica manifestou “total confiança em Deus” e agradeceu o apoio que tem recebido. “Quero ajudar as pessoas que não têm o que eu tenho: câmaras em meu redor e este mediatismo”, disse.

Mais um dia de sofrimento, mais um dia de luta, mais uma dia de crença, mais um dia de gratidão. Carlos Martins não esmorece nesta batalha pela vida, não apenas da do seu filho Gustavo, mas de todas as pessoas que necessitam de um dador.

“Quero agradecer a todos os colegas que estão aqui e a todas as pessoas que me apoiam, em todo o mundo. Este é um momento complicado, mas tenho total confiança em Deus”, afirmou Carlos Martins.

Mais do que o jogador de futebol, foi o homem, o pai de família que falou ao mundo, em nome de uma causa e de muitas vidas… “Não está só em causa o meu filho. Claro que quero o melhor para ele. Mas luto por todas as pessoas que passam pelo mesmo, à espera de um dador”, acrescentou.

Carlos Martins revelou a surpresa pela simplicidade do ato de dar sangue e pela importância desse gesto: “Eu não sabia o quão fácil é dar sangue e com esse gesto simples podemos salvar uma vida”.

Em nome de quem procura o dador no silêncio, sem mediatismo, Martins prometeu dar tudo de si, para que o Gustavo e os muitos Gustavos do mundo vivam. “Quero ajudar as pessoas que não têm o que eu tenho: câmaras em meu redor e este apoio. Quero lutar por todas as pessoas, para que mais vidas se salvem”, concluiu.

Veja as imagens da conferência de imprensa

Mais partilhadas da semana

Subir