Motociclismo

Cal Crutchlow queria MotoGP em Donington

Apesar do Grande Prémio da Grã-Bretanha continuar a figurar no calendário do MotoGP, Cal Crutchlow gostava que a prova do seu país se disputasse no Circuito de Donington Park em vez de Silverstone, como sucede desde 2016. A prova do País de Gales saiu do Campeonato do Mundo devido à falta de verba, e quando se pensava que poderia recuperar o evento Silverstone renovou o seu contrato com a Dorna – promotora do MotoGP – até 2020.

Crutchlow não perdeu tempo e já mostrou o seu desagrado com o facto, pois considera a pista de Silverstone um traçado aborrecido.

“Pessoalmente estou desapontado. Porque não voltar a Donington. Já falei com o Jonathan (Palmer, proprietário), com o Stuart Higgs (diretor do campeonato britânico de Superbikes), mas obviamente a prova acabou por não acontecer. Não sei porque não fizeram o acordo”, afirmou o britânico da LCR Honda.

Cal Crutchlow afirma que não tem nada contra Silverstone, mas apenas que prefere Donington: “Não é nada contra Silverstone. Só acho que teria sido boa uma mudança”. E quanto a uma alegada falta de segurança de Donington o piloto britânico lembra que é semelhante à de Motegi: “Da última vez que lá fomos as motos era mais agressivas do que agora. Não acho que seja demasiado estreito. Se olharmos para Motegi não há comparação”.

Mais partilhadas da semana

Subir