Sociedade

Cadáver encontrado na praia não pertence ao pescador colhido por uma onda

Capitania do Douro esclarece que o corpo encontrado junto a uma praia não pertence ao pescador de 54 anos, desaparecido há três dias, no molhe da barra do Douro. As autoridades, que já reataram as buscas, julgam que o cadáver que surpreendeu alguns populares está relacionado com outro desaparecimento.

Ontem, a Polícia Marítima e o Instituto de Socorros a Náufragos iriam regressar às águas, mas a descoberta deste cadáver, a norte do molhe, levou a que as autoridades pensassem que o pescador desaparecido tinha sido encontrado.

Sabe-se agora que o corpo encontrado não é o do pescador, o que leva as autoridades a regressarem às águas, para procurar o homem. Um navio patrulha e duas lanchas entraram em ação, às 7h30 desta quarta-feira.

Mais partilhadas da semana

Subir