Desporto

Bruno divulga mensagens com jogadores que rescindiram

O presidente do Sporting divulgou alguns contactos mantidos, através do Whatsapp, com os jogadores Gelson Martins e Bruno Fernandes e com o agente de Bas Dost. Bruno de Carvalho tenta sentir o pulso aos jogadores, com receio de rescisões, mas recebe respostas evasivas. O pior dos cenários confirmou-se e os dois internacionais portugueses, que rescindiram a 6 e 8 de junho, já assinaram um pré-acordo com o Benfica.

“Porque vivemos num mundo de enganos que necessitam de verdades”, Bruno de Carvalho decidiu partilhar algumas mensagens trocadas com Gelson Martins, Bruno Fernandes e Bas Dost. No Facebook, o dirigente divulgou essas conversas.

Mensagens que demonstram a preocupação do presidente em sentir o pulso aos três jogadores e que tiveram reações semelhantes: respostas vagas.

Numa mensagem enviada a Gelson a 5 de junho, Bruno de Carvalho manifesta o desejo de que “estes tempos estejam a correr bem”. Não obtém resposta e insiste. “Boa noite, presidente. Neste momento o meu foco é a seleção. Entre em contacto com o meu primo que ele está em sintonia comigo”, responde o jogador.

Para Bruno Fernandes, o dirigente leonino envia “um forte abraço”, “com muita amizade”.

“Somos uma família! Frustrados, mas sempre juntos. Queria estar aí com vocês para vos dar um forte abraço”, escreve ainda, sem obter resposta.

Após uma insistência, surge essa resposta: “Boa tarde, presidente. Já estou a par de tudo através do meu empresário. Obrigado e um abraço”.

O contacto com o representante de Bas Dost, Ghunter Neuhaus, dá-se a 5 de junho. “Olá, Ghunter. Preciso de lhe falar, porque os jornais estão a escrever que o Bas Dost só fica se eu sair”, escreve.

A resposta: “Olá, Bruno. A única coisa que posso dizer neste momento é que Bas Dost está devastado. Isto nunca poderia ter acontecido. É uma injustiça brutal, que ele não merecia. Ele já não confia em ninguém. Ele está de férias e depois iremos falar sobre esta situação. Ele não fará qualquer declaração à imprensa”.

Bruno de Carvalho reage e garante que melhorou as condições de segurança da academia de Alcochete e que “os criminosos estão na prisão (e por lá vão ficar)”. “Isto não voltará a acontecer”, garante.

Segundo o líder leonino, Bas Dost entregou a carta de rescisão a 11 de junho. No entanto, Bruno Fernandes rescindiu no dia 8 e Gelson a 6 de junho. Estes dois jogadores já assinaram um pré-acordo com o Benfica.

“Os serviços continuam prontos para receber qualquer pedido de AG destitutiva e nós prontos para receber as cartas, em conformidade com o que mencionei ontem, dos 6 jogadores que rescindiram, para pedirmos demissão imediata”, escreve ainda Bruno de Carvalho, no mesmo post.

Veja as mensagens:

 

Mais partilhadas da semana

Subir