Desporto

Bruno de Carvalho suspenso. E agora?

O presidente Bruno de Carvalho foi suspenso preventivamente e já recebeu a nota de culpa. Todas as decisões que tomar são consideradas nulas. O que se segue?

Bruno de Carvalho está suspenso, pela Comissão de Fiscalização designada pela Mesa de Assembleia Geral do Sporting.

O dirigente já recebeu a nota de culpa e já reagiu, revelando que não reconhece, sequer, o órgão que o afastou.

A decisão tem efeitos imediatos, pelo que Bruno de Carvalho terá de abandonar funções, sendo substituído por uma Comissão de Gestão.

O presidente da Mesa de Assembleia Geral do Sporting, Jaime Marta Soares, já revelou que esse organismo provisório será conhecido ainda nesta quarta-feira.

Caso Bruno de Carvalho não acate a suspensão – o que é provável – a Comissão de Fiscalização poderá recorrer à via judicial para a “remoção coerciva” da direção.

Aliás, Rita Garcia Pereira, um dos elementos daquela Comissão de Fiscalização, já ameaçou com esse cenário.

Num cenário extremo, o presidente da Direção poderá ser retirado de Alvalade pela polícia e detido por desobediência.

Nos próximos 10 dias, Bruno de Carvalho terá de responder a essa nota de culpa. Espera-se uma batalha jurídica, mas será mais do que provável que a atual direção saia de cena.

A atividade de gestão leonina será assegurada pela comissão a ser nomeada, que estará em funções até que sejam marcadas eleições.

Mais partilhadas da semana

Subir