Nas Redes

Bombeiros salvam cão e deixam mensagem poderosa

Os Bombeiros Voluntários de Entre-os-Rios, em Penafiel, no distrito do Porto, realizaram o salvamento de um cão, que estava caído dentro de um poço. Este salvamento poderia ser um entre muitos que os soldados da paz realizam diariamente por todo o país. A diferença está na mensagem/exemplo que a corporação procura passar explicando que uma vida é uma vida e tem de ser defensiva. Só assim se vê a “grandeza de uma nação…”

Se o cão é o melhor amigo do homem, existem momentos em que os papéis se invertem e são os homens os melhores amigos do animal.

Sempre prontos a ajudar em qualquer circunstância, momento ou local, os bombeiros voltam a ser notícia, desta vez não por causa de um incêndio, mas sim por causa de uma, entre muitas, missões que desempenham na sociedade ao longo do ano.

Uma vida é uma vida

Os voluntários, com a sua equipa especial de salvamento em grande ângulo, conseguiram resgatar um animal que estava caído num poço.

Este poderia ser um episódio normal entre tantos que, diariamente, os soldados da paz realizam pelo país.

Porém, é a mensagem (em prol dos animais e de Portugal) que os bombeiros procuram passar que é, neste caso, notícia.

“Não importa se os animais são incapazes ou não de pensar. O que importa é que são capazes de sofrer”, explicam os bombeiros sobre o salvamento de um animal.

“A grandeza de uma nação pode ser julgada pela forma com que os animais são tratados, a nossa missão é proteger pessoas, bens e animais.”

O salvamento teve um final feliz para o animal.

Veja as imagens:

 

 

Mais partilhadas da semana

Subir