Motores

Armindo Araújo motivado para vencer

É com o pensamento em ser o melhor piloto nacional que Armindo Araújo e Luís Ramalho abordam o Rali de Portugal. Uma oportunidade para o piloto de Santo Tirso se reencontrar com a elite mundial da disciplina.

O Bicampeão do Mundo de Produção regressa ao WRC seis anos depois de ter disputado o ‘Mundial’ de Ralis, num evento que é sempre um ponto alto da época para todos os que disputam o Campeonato de Portugal da disciplina (CPR).

A um dia do arranque da prova, Armindo Araújo está pronto para enfrentar um evento que certamente arrastará milhares de entusiastas às especiais, sendo que as primeiras 12 serão pontuáveis para o CPR. O Hyundai i20 R5 já provou ser uma ‘arma’ útil nos pisos de terra e o piloto tirsense tentará tirar proveito disso mesmo.

“O Rali de Portugal é um momento muito especial para qualquer piloto. Além de passarmos por locais míticos dos ralis, o apoio do público é qualquer coisa de extraordinário. Estive na prova no ano passado como Carro 0 mas este ano a responsabilidade é naturalmente maior e todo o Team Hyundai Portugal tem trabalhado bastante para tornar o carro ainda mais competitivo”, refere Armindo Araújo.

“A vitória em Mortágua provou que esse trabalho tem dado frutos mas o Rali de Portugal é uma prova diferente, muito extensa e dura e normalmente com troços algo degradados devido à passagem de tantos carros. Estamos muito motivados e vamos tentar gerir da melhor forma as circunstâncias de um rali longo e exigente. Sinto-me cada vez mais confiante com o Hyundai i20 R5 e o objetivo é entrar novamente na luta pela vitória no CPR”, concluiu o piloto de Santo Tirso, que já venceu o Rali de Portugal à geral por três vezes (2003, 2004 e 2006).

Mais partilhadas da semana

Subir