Nas Redes

Após fogos, veado vagueia em rua de Leiria

Um veado foi visto a vaguear numa rua de Leiria. Os fogos florestais de 15 de outubro, recorde-se, destruíram o Pinhal de Leiria, que era o habitat natural de várias espécies animais.

O alerta foi dado por uma organização que procura reconstruir o que for possível do histórico espaço natural que ficou destruído pelas chamas (ver aqui).

No Facebook, a página ‘O Pinhal é nosso’ partilhou a imagem de uma realidade que afeta pessoas mas também animais.

“O pinhal era, antes de tudo, deles. Destruímos a sua casa, e eles, em desespero, vêm à nossa pedir ajuda!”, revelam.

E mostram a foto tirada por uma habitante de Lousada, que foi ao terreno testemunhar a tragédia e deu de caras com um veado na praça de S. Pedro de Moel.

“Não há palavras. Já alertamos os amigos da SOS Animal Marinha Grande, mas os voluntários não podem nem têm como dar resposta a tudo o que vivemos neste momento, os meios têm de vir do Estado também neste campo! E mais uma vez dizemos, não é daqui a quatro meses, é já”, apelam.

O Pinhal de Leiria, recorde-se, tem uma área total de 11.080 hectares (superior à área da cidade de Lisboa que tem 10.005 hectares).

Cerca de 80 por cento do histórico pinhal foi consumido pelas chamas. No total foram 8.864 hectares.

Além do ar que perdeu qualidade com aquele ‘pulmão’, também muitos animais ficaram sem casa.

Receba esta e outras notícias virais no seu e-mail todos os dias!


Vídeos em Destaque

Patrocinado

Newsletters PT Jornal

O que quer receber?

Mais partilhadas da semana

Subir