Europa

Foi à TV pedir o divórcio porque a mulher não tem vagina

O programa espanhol ‘Caso Cerrado’ é conhecido pela sua dimensão polémica. Surgiu um novo caso que está a revoltar pessoas de todo o mundo. Trata-se de um homem que descobriu que a esposa não tem vagina, pretendendo o divórcio. Veja o vídeo.

No início, Alejandro disse que queria separar-se de Tânia por ter conhecimento que esta mantém um caso amoroso com a sua madrasta. Durante o programa, o homem relembra quando apanhou a esposa com a mulher do pai, em pleno ato sexual, na noite de núpcias.

O objetivo de Alejandro era o de recuperar o apartamento que tinha comprado com Tânia, logo depois de se terem casado.

Contudo, faltava algo na história do homem pelo que Tânia relembrou-o que ele não estava a revelar o verdadeiro motivo.

“A verdadeira razão pela qual ele se quer separar de mim é porque eu não tenho vagina. Eu não sou como as outras mulheres. Eu nasci com a síndrome de Rokitansky, o que faz com que eu não tenha útero nem cavidade vaginal”, confessou.

A síndrome de Rokitansky afeta uma em cada cinco mil mulheres. Esta condição faz com que não tenho vagina ou cavidade vaginal, apesar de terem ovários e produzirem hormonas femininas, pelo que não têm menstruação nem podem engravidar.

Esta confissão de Tânia chocou o público do programa, os milhões que assistem através do pequeno ecrã e a apresentadora Ana María, que acabou por acusar Alejandro de ser ofensivo e preconceituoso para quem sofre de uma condição rara.

Confira aqui o confronto este ex-casal, que já conta com mais de 500 mil visualizações no YouTube:

Receba esta e outras notícias virais no seu e-mail todos os dias!


Patrocinado

Newsletters PT Jornal

O que quer receber?

Mais partilhadas da semana

Subir
error: