Mundo

Antiga miss Venezuela não resiste a cancro da mama e morre com 28 anos

cancro_eva_ekvallA jovem Eva Ekvall, que em 2000 foi coroada como miss Venezuela, morreu aos 28 anos, em resultado de um cancro da mama. Eva, que lutou quase um ano contra a doença, tornou-se uma defensora dos cuidados de saúde naquele país, que acusava de “investir na beleza e não na saúde”. Morreu em Houston, EUA.

O Presidente da Venezuela padece de um cancro e continua a sua luta, batalha que a também venezuelana Eva Ekvall acaba de perder, aos 28 anos. A jovem morreu em Houston, nos EUA, depois de uma dura batalha contra o cancro da mama, que iniciou em 2000, quando a doença lhe foi diagnosticada.

De então para cá, a ex-miss Venezuela vinha travando uma luta paralela, a favor dos cuidados de saúde naquele país. Eva Ekvall utilizou as redes sociais para incentivar à melhoria dos cuidados de saúde venezuelanos. “Neste país, investe-se muito dinheiro na beleza, mas não acontece o mesmo em relação à saúde”, escreveu, recentemente, no Twitter.

Eva Ekvall, que era apresentadora e modelo, afirmou também que “quando não se tem saúde, não é possível sentir-se bonita”. Em virtude dos tratamentos de quimioterapia, sentiu alterações físicas que a marcaram: “Já sei o que se sente quando não se te um fio de cabelo”, referiu. A ex-miss Venezuela foi considerada um exemplo de perseverança.

Mais partilhadas da semana

Subir