Desporto

Ajax e Az Alkmaar repetem jogo da taça marcado por agressão a Esteban

guarda_redes_agride_adeptoPena dura para o Ajax, que pagou o preço da falha de segurança que permitiu a invasão do adepto. A partida será repetida e a equipa de Amesterdão vê anuladas as vantagens que detinha: vencia por 1-0 e tinha mais um jogador em campo, após a expulsão do guarda-redes do AZ Alkmaar, Esteban Alvarado.

Esta decisão da liga holandesa, conhecida nesta quarta-feira, elimina os minutos jogados (e o golo do anfitrião, obviamente), determina a repetição integral do encontro, no próximo dia 19 de janeiro, e ainda deve interditar o estádio do Ajax, após a conclusão de um inquérito que está em curso.

A tentativa de agressão de um adepto a Esteban ocorreu ao minuto 33, n uma altura em que o Ajax vencia por 1-0. O guarda-redes apercebeu-se de que seria atacado, defendeu-se e ripostou, com dois pontapés ao adepto, que caiu ao chão.

O árbitro considerou a atitude do guardião do Az Alkmaar excessiva e determinou a expulsão, o que enfureceu toda a equipa e teve mais uma consequência: o treinador do conjunto forasteiro decidiu ordenar aos seus que abandonassem o relvado.

O jogo teve de ser suspenso, aos 36 minutos, numa altura em que o Ajax vencia por 1-0, mas não se sabe se este é o resultado final. A equipa da casa, entretanto, emitiu um pedido de desculpa pela falha de segurança que permitiu ao adepto invadir o relvado. O caso terá mais dois episódios: a partida à porta fechada e a decisão que pode levar à interdição da Arena de Amesterdão.

Veja as imagens

Mais partilhadas da semana

Subir