Nas Notícias

Navio espanhol continua encalhado em Lisboa

As autoridades realizaram mais uma manobra para tentar desencalhar o navio, que está ao largo de Lisboa há mais de uma semana, mas ainda não foi desta. É certo que a embarcação já mudou de posição mas continua encalhada.

“O navio de 10 mil toneladas está a raspar pelo fundo do monte de areia”, revelou o comandante Fernando Pereira da Fonseca, porta-voz da Autoridade Marítima Nacional.

Em declarações à Renascença, este responsável admite que “apesar do movimento registado, o navio ainda está muito longe de uma zona que lhe permita ganhar flutuabilidade e ser possivelmente rebocado para o porto de Lisboa”.

Por isso, os trabalhos para tentar remover o barco vão continuar.

“O rebocador vai manter o trem de reboque ligado e com alguma tensão, voltando a aumentar a força de tração a partir das 11h30”, explicou Fernando Pereira da Fonseca.

Depois de ser desencalhado, o navio será rebocado para o porto de Lisboa onde “irá atracar e será alvo de inspeção, sobretudo do que chamamos obras vivas, que é toda a área que está abaixo da linha da água, da parte exterior do navio”.

O barco, que tinha como destino Marrocos, ficou à deriva, na madrugada do dia 6 de março, e acabou por encalhar, com 10 tripulantes.

Ao longo da última semana várias têm sido as tentativas para tentar desencalhar o barco. Até agora, sem efeito.

Mais partilhadas da semana

Subir