Sociedade

Agente da PSP alvejado no aeroporto de Santa Maria em risco de perder visão

policia4Um dos polícias atingidos a tiro no aeroporto de Santa Maria está em risco de perder a visão, segundo adianta o Sindicato Nacional da Polícia, que reclama um aumento do corpo de intervenção. O agente foi uma das três vítimas do ataque nos Açores, quando um homem disparou tiros de caçadeira contra as forças da ordem.

Um dos agentes da Polícia de Segurança Pública atingidos na passada quinta-feira à noite pode perder a visão, adianta o Sindicato Nacional da Polícia, que vem reclamando um reforço de polícias, “para salvaguardar a integridade física” dos profissionais.

Este episódio, segundo aquele sindicato, é mais uma prova de que são necessários mais meios humanos. O incidente ocorreu no Aeroporto de Santa Maria, na Região Autónoma dos Açores. Um homem de 30 anos tentava impedir que a mulher e os filhos embarcassem, num voo com destino a Ponta Delgada (S. Miguel).

A PSP preparava-se para intervir neste desacato, mas foi surpreendida com tiros de caçadeira, que atingiram três agentes. Um deles, apesar de estar a gozar um dia de folga, foi chamado a prestar apoio aos colegas de profissão.

Acabou por ser atingido e, apesar de livre de perigo, fica agora na iminência de uma lesão irreversível, que coloca a sua carreira profissional em risco.

Depois de disparar, o homem deu início a uma fuga. O caso está associado a violência doméstica, praticada pelo indivíduo, situação repetida que terá levado a mulher a abandoná-lo, levando os filhos consigo. Em Ponta Delgada, a mulher espera receber apoio de uma instituição de acolhimento.

Mais partilhadas da semana

Subir