Motores

Adversários ‘tramam’ José Rodrigues em Nurburgring

O fim de semana de José Rodrigues no Campeonato de carros de turismo TCR Alemanha em Nurburgring foi muito complicado, já que em ambas as corridas sofreu toques de adversários e no segundo confronto não conseguiu mesmo terminar.

O piloto português do Honda Civic TCR da JAS Motorsport tinha grandes expetativas para esta ronda da competição, mas face ao sucedido foi impossível visar o pódio, como era sua intenção.

No sábado José Rodrigues arrancou do meio do pelotão, e apesar de querer ganhar posições viu-se de imediato atrasado por um toque:  “Fiz um bom arranque, mas logo na primeira curva um piloto despistou-se e acertou-me em cheio. Fui para o fim do pelotão e com o carro todo desalinhado, bem como os pneus cheios de gravilha”. explicou o piloto que corre com as cores do Sport Lisboa e Benfica.

“Não desanimei e fui à luta. Com mutas disputas consegui finalizar nos pontos e foi o resultado possível. Apesar de tudo, fico satisfeito com a minha performance, porque recuperei nove lugares sem qualquer toque nas disputas em condições muito complicadas”, sublinhou José Rodrigues.

As expetativas eram grandes para a corrida de domingo, mas desta vez dois toques acabaram por ser demais, como faz questão de contar o piloto português: “Arrancar em 28º não é fácil e sofri mais um toque que me fez perder muito tempo. Depois, foi ir na tentativa de recuperar o que pudesse, mas na acesa disputa acesa que se trava no meio do pelotão, houve uma com um adversário mais intensa que me deixou fora da corrida”.

“Neste campeonato a qualificação é decisiva e por isso os resultados não foram os esperados. No entanto, tenho que estar satisfeito porque tenho aprendido imenso neste primeiro ano internacional. Agora, vou aproveitar a pausa grande para descansar e preparar o futuro”, conclui José Rodrigues.


Patrocinado

Newsletters PT Jornal

Selecione as newsletters

Mais partilhadas da semana

Subir