Nas Notícias

“Abstinência sexual não é razoável”, diz padre

“O senhor cardeal de Lisboa que me desculpe, mas [a abstinência sexual para recasados] não é, de maneira nenhuma, um conselho razoável, porque se estão casados não é para viverem como irmãos…”, defendeu o padre e teólogo Anselmo Borges, em declarações à RTP, numa reação às orientações do Patriarcado de Lisboa, que determinam que os casais recasados se abstenham de praticar sexo.

O cardeal-patriarca de Lisboa, D. Manuel Clemente, recomendou abstinência sexual para os católicos recasados, se os anteriores casamentos ainda não tiverem sido considerados nulos. A ideia, no entanto, não gera consenso dentro da própria Igreja.

O padre e teólogo Anselmo Borges defende, em declarações à RTP, que essas normas não fazem sentido.

“O senhor cardeal de Lisboa que me desculpe, mas não é, de maneira nenhuma, um conselho razoável, porque se estão casados não é para viverem como irmãos”, refere.

As orientações de abstinência sexual constam de um documento que regula o acesso aos sacramentos de pessoas em situação irregular. E dirigem-se a casais cuja nulidade do casamento anterior não possa ser declarada.

Os católicos recasados são aconselhados a não praticar relações sexuais.

Esta tomada de posição do patriarcado surge depois de o Papa Francisco ter desafiados as dioceses de todos os países a colocarem de lado a burocracia, que afeta os casais recasados.

O Sumo Pontífice recomendou também misericórdia. O Patriarcado reage com uma recomendação polémica e nada consensual.

Anselmo Borges entende que o novo documento do Patriarcado é mais restritivo do que a visão do Papa.

“O Papa Francisco tentou abrir, na linha de dois sínodos sobre a família, perspetivas mais amplas de acolhimento, de integração, para situações complexas. Se há o ideal do casamento estável, a vida é o que é… E por vezes há ruturas”, afirma.

Desse ponto de vista, a abstinência sexual para recasados não se enquadra nesta linha. E por isso Anselmo Borges discorda de D. Manuel Clemente.

Mais partilhadas da semana

Subir