Hoje é dia

7 de agosto, nasce Mata Hari, a dançarina condenada por espionagem

Margaretha Gertruida Zelle nasceu em Leeuwarden, na Holanda, a 7 de agosto de 1876, e ficou mundialmente célebre como Mata Hari. Foi uma dançarina exótica, acusada de espionagem e condenada à morte por fuzilamento, na I Guerra Mundial.

A vida de Mata Hari desde sempre suscitou interesse de biógrafos, romancistas e realizadores de cinema, não pela faceta artística desta dançarina, mas pelo simbolismo que a sua personalidade representava: a ousadia feminina.

Mata Hari perdeu a mãe aos 15 anos, facto que marcou profundamente a sua vida, pela perda sentimental, mas também pelas dificuldades económicas que teve de enfrentar, decorrentes dessa fatalidade.

Viria a tentar uma carreira de professora, sem sucesso, e dedica-se à arte de dançarina. Adota o pseudónimo de Mata Hari, que em malaio e língua indonésia quer dizer ‘sol’, mas que mas literalmente significa “olho da manhã”.

Durante a I Guerra Mundial, Mata Hari ficou célebre por ter dormido com inúmeros oficiais, sendo certo que nenhum historiador conseguiu esclarecer se essa foi a forma que encontrou para recolher informações, na sua missão de espiã.

Em 1917, foi julgada em França, suspeita da prática de espionagem, como agente dupla ao serviço de Alemanha e França. É considerada culpada e condenada à morte. A 15 de outubro daquele ano, é executada, por fuzilamento.

A sua execução gerou diversos mitos, alguns mais realistas do que outros. Os soldados do pelotão de fuzilamento tiveram de ser vendados para não serem seduzidos pelo charme de Mata Hari.

Há ainda relatos de que a espiã atirou um sedutor beijo aos executores, no momento em que preparavam as armas. Hari terá aberto a túnica que vestia e morreu, expondo as partes íntimas do seu corpo.

Nasceram a 7 de agosto Mata Hari, espiã holandesa (1876), Caetano Veloso, cantor e compositor brasileiro (1942), Bruce Dickinson, vocalista dos Iron Maiden (1958), David Duchovny, ator americano (1960), Harold Perrineau Jr., ator norte-americano (1963), e Jimmy Wales, cofundador da Wikipedia (1966).

Morreram neste dia Jöns Jacob Berzelius, químico sueco (1848), Oliver Norvelle Hardy, ator de cinema mudo (1957), e Bruno Cremer, ator francês (2010).

Quer receber o Hoje é Dia todos os dias na sua caixa de correio?


Patrocinado

Newsletters PT Jornal

Selecione as newsletters

Mais partilhadas da semana

Subir