Hoje é dia

6 de setembro, nasce Emídio Guerreiro, o lutador da Liberdade

A 6 de setembro de 1899, nasce Emídio Guerreiro, no berço da Nação. Foi professor de Matemática e político, combateu na I Guerra Mundial e lutou contra todas as ditaduras.

Hoje é dia de recordar Emídio Guerreiro, que nasceu neste dia, em Guimarães, cidade onde viria a morrer, a 29 de junho de 2005. Emídio fez jus ao nome e tornou-se num guerreiro, na forma como lutou pelos ideais da República, por ter combatido, como voluntário, na I Guerra Mundial e por ter enfrentado todas as ditaduras.

Licenciado em Matemática, na Universidade do Porto, Emídio Guerreiro juntou-se opositores da Ditadura Militar, após o Golpe de 28 de Maio, em 1926. Seis anos mais tarde, é preso por escrever um texto contra o presidente Óscar Carmona, evadindo-se um ano depois.

Exilou-se em Espanha e em França, passando à clandestinidade com a invasão nazi, na II Guerra Mundial. No final deste conflito, ficou em Paris, exercendo como professor.

Na capital francesa, participou na fundação da Liga de Unidade e Ação Revolucionária, de oposição Estado Novo. Regressa a Portugal depois do 25 de Abril e filia-se no Partido Popular Democrático (atual PSD).

Foi secretário-geral deste partido e, em 1975, lidera-o durante um período em que Francisco Sá Carneiro, por motivos de doença, se deslocara ao estrangeiro.

Afasta-se do PPD no mesmo ano, por questões ideológicas, aderindo ao Partido Renovador Democrático. No final da sua vida, estava ideologicamente mais próximo do Partido Socialista.

Em entrevista ao Expresso, numa altura em que Emídio Guerreiro celebrava 100 anos, fez um filme da sua vida.

“Como não pode haver dignidade se não houver liberdade, eu lutei pela liberdade. Lutei contra todos os regimes prepotentes, lutei contra todas as ditaduras”, disse.

Estas palavras perpetuaram-se, não apenas pelo valor que encerram, mas também porque foram as derradeiras ideias de Emídio Guerreiro, que faleceu aos 105 anos.

Neste dia 6 de setembro, em 1901, o Presidente norte-americano William McKinley é assassinado. Já em 1915, é criado o primeiro tanque de guerra, construído para o exército inglês. Em 1991, a cidade de Leninegrado volta a chamar-se São Petersburgo, e a União Soviética reconhece a independência da Letónia, da Estónia e da Lituânia.

Nasceram a 6 de setembro Pompeio, ‘O Grande’, general e político Romano (106 a.C.), Ivan V, czar da Rússia (1666), John Dalton, cientista inglês (1766), Edward Victor Appleton, físico inglês (1892), e Emídio Guerreiro, político português (1899).

Nasceram ainda Luis Federico Leloir, químico francês (1906), Roger Waters, músico e compositor inglês, vocalista, baixista e um dos fundadores dos Pink Floyd (1943), José Sócrates, político português (1957), Christopher Nolan, escritor irlandês (1965), e Macy Gray, atriz e cantora norte-americana (1967).

Morreram neste dia Sully Prudhomme, escritor francês (1907), Tom Fogerty, músico norte-americano (1990), Nicky Hopkins, pianista britânico (1994), Akira Kurosawa, realizador japonês (1998), e Luciano Pavarotti, tenor italiano (2007).

Quer receber o Hoje é Dia todos os dias na sua caixa de correio?


Vídeos em Destaque

Patrocinado

Newsletters PT Jornal

O que quer receber?

Mais partilhadas da semana

Subir
error: