Hoje é dia

6 de abril, nasce e morre Rafael, mestre do Alto Renascimento

Nasceu e morreu no mesmo dia: 6 de abril. Juntamente com Michelangelo e Leonardo Da Vinci, formou o trio dos grandes mestres do Alto Renascimento. O pintor Rafael é recordado, no dia em que se assinala o seu nascimento e morte.

Nasceu em Urbino, Itália, a 6 de abril, e morreu em Roma, no dia em que completava o 37.º aniversário. Rafael foi um mestre da pintura e da arquitetura da escola de Florença, durante o Renascimento italiano. Ao lado de nomes como Michelangelo e Da Vinci, formou a tríade dos melhores renascentistas.

Desde cedo se deixou influenciar pela pintura, arte que o seu pai aprendeu a amar. Apesar de pouco reconhecido, o pai de Rafael transmitiu ao filho a paixão pela pintura e o talento precoce de Rafael abriu caminho para o reconhecimento.

A sua obra tem a marca da perfeição, bem evidente em alguns dos principais trabalhos: ‘A Visão de Ezequiel’, ‘Transfiguração’, ‘Escola de Atenas’, ‘Ressurreição de Cristo’, ‘A Sagrada Família’, ‘O Casamento da Virgem’ ou ‘A Multiplicação dos Peixes’, entre muitos outros.

A História do dia do nascimento (1483) e da morte (1520) de Rafael conta-nos também que a 6 de abril, no ano de 648 aC, ocorre o mais antigo eclipse solar registado pelos antigos gregos. Em 1385, D. João I torna-se o primeiro rei de Portugal da Dinastia de Avis.

Em Inglaterra, no ano de 1564, é inventado um utensílio não perdeu utilidade e continua atual: o lápis. Já em 1896, dá-se neste dia a abertura dos Jogos Olímpicos em Atenas, os primeiros da era moderna.

Nasceram neste dia, Rafael, pintor e arquiteto italiano (1483), Nicolas Chamfort, escritor francês (1741), Jeanne Hébuterne, pintora francesa (1898) Serafim Leite, jesuíta e historiador português (1890), Anthony Fokker, engenheiro aeronáutico holandês (1890), Gerry Mulligan, músico norte-americano (1927), e Philippe Garrel, cineasta francês (1948).

Morreram a 6 de abril Ricardo Coração de Leão, rei de Inglaterra (1199), Rafael, pintor e arquiteto (1520), Albrecht Dürer, pintor alemão (1528), Niels Henrik Abel, matemático norueguês (1829), Igor Stravinski, compositor e músico russo (1971), Isaac Asimov, escritor russo (1992), e o príncipe Rainier III do Mónaco (2005).

Mais partilhadas da semana

Subir