Cultura

360º Tour: Digressão dos U2 é a mais lucrativa do ano com 224 milhões de euros

u2_360_tour_1A 360º Tour, dos U2, que passou por 44 palcos em 2011, conseguiu uma receita de 224 milhões de euros, o que corresponde a uma média de 5,5 milhões por concerto. Os irlandeses conseguem atingir os primeiro lugar na lista de digressões mais lucrativas de 2011, à frente de nomes como Bon Jovi, Taylor Swift e Lady Gaga. Ao longo do ano, a banda de Bono Vox cativou 2,8 milhões de espetadores em todos os países onde atuou.

São números impressionantes, relativos à tourné dos U2, a 360º Tour, que percorreu diversos países do mundo. No total, os irlandeses conseguiram uma receita de 224 milhões de euros, o que lhes permite ocupar o primeiro lugar, nas digressões mais lucrativas do ano (em termos mais rigorosos, entre novembro de 2010 e o mesmo mês de 2011).

Os U2 esgotaram os 44 concertos definidos na digressão e conseguiram chamar para junto dos palcos cerca de 2,8 milhões de fãs, a uma média impressionante de 63,6 mil espetadores por cada uma das atuações do 360º Tour.

Para se perceber a dimensão dos lucros arrecadados pela banda de Bono Vox, temos os números (também eles ‘monstruosos’) dos Bon Jovi que, apesar de terem mais concertos neste período, se ficaram pelos 147 milhões de euros, nos 12 meses de 2011, o que os coloca no segundo lugar.

Digno de realce é também o registo de Roger Waters, dos Pink Floyd, que em 2011 ressuscitou o histórico álbum ‘The Wall’. Este eterno trabalho vageou pelo mundo, ao longo do ano, numa digressão que entra na listas das cinco que registaram mais lucro.

Este rankingfoi divulgado pela revista norte-americana Billboard. Bon Jovi, Take That , Roger Walters e Taylor Swift ocupam de topo na tabela de digressões com maior lucro, ao longo do ano e Lady Gaga surge no oitvado lugar, com 67 milhões de lucro.

Mais partilhadas da semana

Subir