Hoje é dia

24 de novembro, morre Freddie Mercury, nasce António Gedeão

A 24 de novembro de 1991, morre Freddie Mercury, cantor e compositor britânico, vocalista dos Queen, considerado um dos melhores artistas de todos os tempos. Também neste dia, nasceu António Gedeão, professor e poeta sob português.

Como líder dos Queen, e detentor de uma voz única, conquistou o seu espaço na galeria dos mais talentosos.

Nasceu Farrokh Bulsara – na localidade de Stone Town, Cidade de Pedra, em Zanzibar, a 5 de setembro de 1946 –, mas adotou o nome artístico de Freddie Mercury.

É um dos melhores cantores de todos os tempos, reconhecido pelos críticos e pela legião de fãs que ainda o venera. E é uma das vozes mais conhecidas de sempre, facto comprovado em algumas votações em todo o mundo.

Freddie Mercury entra nos Queen quando conhece, na faculdade, o baixista Tim Staffell, que tinha uma banda chamada ‘Smile’, composta por Brian May, como guitarrista, e Roger Taylor, baterista.

Freddie foi um dia participar num dos ensaios e tornou-se vocalista a partir de abril de 1970, quando Tim deixa o grupo. A banda passa a chamar-se ‘Queen’.

Como compositor, Freddie Mercury criou diversas músicas que elevaram os Queen.

Destacam-se ‘Bohemian Rhapsody’, ‘We Are The Champions’ e o romântico ‘Love Of My Life’.

Nos palcos, exalava poder, assente na sua voz imperial e na postura espontânea de um conquistador.

Tornou-se uma figura incontornável da história da música, não apenas como vocalista dos Queen, mas também com alguns trabalhos a solo, como produtor e músico convidado.

Faleceu a 24 de novembro de 1991, vítima de uma broncopneumonia, causada pela sida. Despediu-se um dia depois de revelar ao mundo que padecia desta doença. Hoje, recorda-se o rei dos Queen.

No dia em que se assinala o adeus a Freddie Mercury, regista-se também o nascimento do grande poeta português António Gedeão.

Nasceram neste dia Toulouse-Lautrec, pintor francês (1864), Rómulo de Carvalho, professor, divulgador da ciência e poeta sob o pseudónimo de António Gedeão (1906), Simon van der Meer, físico holandês, vencedor do Prémio Nobel de Física (1925), Pete Best, primeiro baterista dos The Beatles (1941), e Emir Kusturica, ator e realizador bósnio (1954).

Morreram a 24 de novembro John Knox, reformador escocês (1572), George Clemenceau, estadista, jornalista e médico francês (1929), Lee Harvey Oswald, indiciado como assassino do Presidente Kennedy (1963), Eric Carr, baterista da banda norte-americana Kiss (1991), e Freddie Mercury, cantor e compositor anglo-tanzaniano (1991).

Quer receber o Hoje é Dia todos os dias na sua caixa de correio?


Patrocinado

Newsletters PT Jornal

O que quer receber?

Mais partilhadas da semana

Subir
error: