Hoje é dia

23 de novembro, nasce Herberto Helder, o poeta misantropo

Herberto Helder de Oliveira nasceu no Funchal, na freguesia de São Pedro, a 23 de novembro de 1930. Foi um poeta português de ascendência judaica, considerado um dos mais originais escritores de Língua Portuguesa.

Em 1994, foi galardoado com o prestigiado Prémio Pessoa, que recusou, tal como recusou sempre todos os prémios.

Herberto Helder negou prémios e não aceitou nunca conceder entrevistas. Era considerado uma figura misantropa, que sobrevoava numa atmosfera mística.

Formou-se na Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra, regressou à Madeira e foi meteorologista. Mais tarde, já em Lisboa, foi jornalista, onde também trabalhou como bibliotecário, tradutor e apresentador de programas de rádio.

Ao longo dos primeiros anos da sua carreira literária, viajou por diversos países da Europa. Viveu em França, Holanda e Bélgica, onde exerce como operário na indústria do ferro, empregado numa cervejaria, ou como cortador de legumes numa casa de sopas.

Viveu na clandestinidade, em Antuérpia, num dos períodos mais duros da sua vida. Mais tarde, foi redator no jornal ‘Notícia’ em Luanda, Angola, em 1971, país onde sofreu um acidente grave.

A sua escrita enquadra-se no surrealismo. No livro de contos ‘Os Passos em Volta’, sugere viagens deambulatórias de uma personagem através de cidades e convivências, numa atmosfera de incerteza sobre a identidade que carateriza o ser humano, aos olhos deste poeta.

‘Photomaton e Vox’, outra conhecida obra de Herberto Helder, realiza uma antologia de ensaios, textos e poemas. Já em ‘Poesia Toda’ realiza uma coleção dos seus livros de poesia, que ao longo dos anos foi refinada.

Neste dia 23 de novembro, completaria mais um aniversário, num anonimato que não dispensou durante a sua vida, apesar das luzes da ribalta apontarem sempre seu sentido, graças a uma obra notável.

Herberto Helder morre aos 84 anos, a 23 de março de 2015.

Nasceram a 23 de novembro Gracchus Babeuf, jornalista e revolucionário francês (1760), Herberto Hélder, poeta português (1930), Bruce Hornsby, cantor, pianista e compositor norte-americano (1954), Carlinhos Brown, compositor e cantor brasileiro (1962), e Miley Cyrus, cantora e atriz norte-americana (1992).

Morreram neste dia Próspero Alpini, médico e botânico italiano (1616), Caio Prado Júnior, escritor, político e editor brasileiro (1990), Isabel de Castro, atriz portuguesa (2005), e Ingrid Pitt, atriz polaca (2010).

Quer receber o Hoje é Dia todos os dias na sua caixa de correio?


Patrocinado

Newsletters PT Jornal

O que quer receber?

Mais partilhadas da semana

Subir
error: