Hoje é dia

17 de janeiro, morre Miguel Torga, um dos maiores poetas portugueses

Nasceu Adolfo Correia da Rocha, em Trás-os-Montes, e tornou-se conhecido na sua arte sob o pseudónimo Miguel Torga, um dos mais importantes poetas e escritores portugueses do século XX, que hoje se recorda, no dia em que se assinala a sua morte.

Torga nasceu em 1907, em São Martinho de Anta, freguesia do concelho de Sabrosa, em Vila Real. Foi um poeta português, romancista, ensaísta e autor de diversas peças de teatro.

Miguel Torga era filho de família humilde e durante a sua adolescência serviu num palácio de gente rica, onde era moço de recados, porteiro, jardineiro, prestando outros serviços, como limpezas domésticas. Viajou para o Brasil para trabalhar numa fazenda de um tio, que percebe as capacidades do sobrinho.

Com a certeza de que estava perante um “futuro doutor”, o tio patrocina os estudos de Torga, em troca de cinco anos de trabalhos.

Em 1928, Miguel Torga entra para a Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra – no ano em que publica o seu primeiro livro de poemas: “Ansiedade”.

Torga era um crítico da praxe e das tradições académicas – chamava “farda” à capa e batina, de modo depreciativo. Mas amava a cidade de Coimbra, onde exerceu a profissão de médico, a partir de 1939.

A obra de Miguel Torga é fiel às origens de um homem humilde, de um adolescente inconformado com a injustiça social, de um jovem que lutou para conseguir ser um “futuro doutor” e de um homem que nunca aceitou a ditadura do general Francisco Franco, o que lhe custou a prisão, em 1940.

Publicou mais de 50 livros ao longo de seis décadas e foi por diversas vezes indicado para o Prémio Nobel da Literatura.

Aos 87 anos, um cancro trava-lhe a pena. Morre em Coimbra, a 17 de janeiro de 1995, dois anos depois do seu último trabalho.

Nasceram a 17 de janeiro Ralph Howard Fowler, físico e astrónomo britânico (1889), Al Capone, gangster norte-americano (1889), James Earl Jones, ator americano (1931), Muhammad Ali-Haj, ex-pugilista norte-americano (1942), Paul Young, músico britânico (1956), Jim Carrey, ator canadiano (1962), e Michelle Obama, primeira-dama dos EUA (1964).

Morreram neste dia Jean Auguste Dominique Ingres, pintor francês (1867), Rutherford B. Hayes, 19.º Presidente dos EUA (1893), Miguel Torga, poeta e ensaísta português (1995), Camilo José Cela, escritor espanhol (2002), e Zhao Ziyang, político chinês (2005).

Mais partilhadas da semana

Subir